Produto em destaque: Specialized Sequoia, uma típica ciclocross made in Rodociclo


Faz algum tempo que recebemos um quadro do modelo Specialized Sequoia, uma linha da Specialized com geometria de speed, mas voltada para o cicloturismo, o que não impede de ser montado com a configuração tradicional de uma bicicleta de velocidade, porém com alguns diferenciais. Entre elas, destaque para o quadro e garfo, que possuem furações específicas para a instalação de bagageiros.

Tendo como base esse referencial, optamos por montar essa máquina com uma configuração também diferenciada, voltada para o ciclocross. Poucos têm conhecimento deste esporte no Brasil, embora esteja bem difundido na Europa, principalmente pelos shows e quedas espetaculares nos circuitos lamacentos onde são realizadas.

O ciclocross é um esporte que segue a linha do mountain bike, porém com o uso de bikes semelhantes às de estrada, devidamente adaptadas, sendo que alguns modelos têm até freios à disco! As provas são um show de habilidade e quedas, estas um espetáculo à parte, que terminam por complicar a vida do competidor e atrair mais atenção da platéia. Claro, que nem tudo são quedas. E nessas horas, uma vez que as bicicletas não têm os mesmos recursos das versáteis mountain bikes, o que mais conta é a habilidade, audácia e preparo físico de cada praticante.

De qualquer forma, apesar de ser um esporte mais típico na Europa, nada impede de ser praticado por estas terras e por isso, partimos para essa iniciativa de montar uma bike com geometria speed e vocação também para o fora de estrada. No vídeo abaixo, observamos a prática do esportes em circuitos com muita lama e claro, muitos obstáculos, como escadas e curvas acentuadas, que obrigam o ciclista a estar em boa forma e ter uma boa dose de habilidade, apesar que esses fatores nem sempre impedem as quedas...

Entretanto, vale salientar que a nossa brava Specialized também pode ser uma boa opção de conforto e agilidade no dia-a-dia ou até mesmo para quem busca fazer um desafio como o Audax ou cicloturismo. No nosso caso, a montagem da bike priorizou o uso de componentes resistentes e relativamente leves. Com 16 velocidades, o pedivela é um Sora Compacto com braço de 175 mm. As rodas são Shimano WH-R500 e os pneus são Continental 700 x 35 Cyclocross Race, que permite uma rodagem segura tanto no asfalto como em terrenos com lama ou levemente acidentados.


Equipe Rodociclo

Comentários