Cadel Evans é o campeão do Tour de France 2011.


Conforme postamos no sábado anterior à final do Tour de France, Cadel Evans, ao fazer o segundo melhor tempo no contra-relógio, não só tomou a camisa amarela de Andy Schleck na penúltima etapa do Tour, como garantiu o título dessa edição de 2011, uma vitória muito merecida, dada a regularidade do atleta ao longo de todas as etapas (esteve sempre entre os quatro primeiros), ganhando ainda a quarta etapa.

Evans ainda foi quarto colocado na classificação geral da camisa verde, faturada mais uma vez por Mark Cavendish e também na montanha, onde Samuel Sanchez foi o melhor. Pierre Rolland, de apenas 24 anos foi 11º na classificação geral e levou a camisa branca, dos ciclistas mais jovens. Jérémy Roy foi o ciclista mais combativo e a Garmin a melhor equipe.

A chegada em Paris, mais uma vez foi um show à parte dos sprintistas, onde novamente brilhou a estrela de Mark Cavendish, como resultado de um ótimo trabalho da sua equipe, que sempre o deixa em ótima posição na chegada (sprint final). Depois das duras etapas de montanha, a penúltima etapa era um contra-relógio, onde Evans mostrou-se superior aos adversários. Muitos temiam por Contador, que também é um ótimo contra-relojista, embora este tivesse muito tempo de desvantagem em relação aos demais. Alberto Contador terminou o Tour com um memorável quinto lugar, considerando que sagrou-se recentemente campeão do Giro D'Itália. Dificilmente um ciclista consegue bons resultados em duas grandes voltas no mesmo ano, como foi o caso de Contador.

Já Thomas Voeckler, que ficou dez dias com a camisa amarela, resistindo aos ataques e mantend0-se à frente mesmo nas montanhas, o quarto lugar na classificação geral foi merecido, uma vez que Voeckler não estava entre os atletas mais cotados ao título, embora seja um ciclista aguerrido, não raras vezes protagonista de belas fugas. Apenas no último dia das montanhas, Voeckler não resistiu e acabou perdendo a camisa amarela para Andy Schleck, que ao lado de seu irmão Frank, fecharam o pódio com o segundo e terceiro lugar, respectivamente na classificação geral. Veja abaixo alguns vídeos, entre eles, a emocionante premiação de Cadel Evans, que realizou um sonho pelo qual vinha lutando há anos. Em 2007, quando Contador foi campeão, Evans viu seu título passar perto, há apenas 23 segundos, tendo que se contentar com o segundo lugar.

Nossos parabéns a Cadel Evans pela sua conquista!





No vídeo abaixo, torcedores londrinos acompanhavam a prova realizada em Paris e comemoram a vitória de Mark Cavendish. Pena que nosso país não tenha a mesma cultura.



Equipe Rodociclo.

Comentários