Volta da Espanha 2012: na luta pela liderança, Rodriguez é o mais forte diante de Contador.

Como prevíamos, tem sido dura a luta pela Volta da Espanha 2012, porém, muitos apostavam em um duelo entre Froome e Contador, sendo que a maior pergunta é até quando Joaquin Rodriguez resistira com a camisa vermelha. Mas passado o contra relógio, onde Contador foi barrado por Rodriguez por apenas um segundo, o que temos visto é um duelo dos dois ciclistas, onde Froome passou a ser um coadjuvante, tendo agora Valverde também à sua frente. Depois das últimas duas etapas, o sonho da Sky de dominar esta Vuelta está um pouco mais distante e podemos arriscar dizer que só uma grande fatalidade com os líderes daria o título aos britânicos.


Na verdade, ninguém apostava que Joaquin Rodriguez estivesse tão bem preparado para esta prova. E o que temos visto é um ciclista muito combativo, que ataca nas horas certas, obtendo segundos preciosos e deixando para trás homens como Froome e Contador. Na etapa de sábado, que teve muitas subidas e descidas, com a chegada em Puerto de Ancares, a 1.470 metros de altitude. Mais uma vez, tudo indicava que Contador seria o vencedor, mas mais uma vez o ciclista da Katusha acelerou e definiu a etapa, deixando o "Pistoleiro" para trás mais 5 segundos e obtendo a sua terceira vitória em etapas desta Vuelta.



No domingo, a 15ª etapa foi vencida por Antônio Piedra, que chegou escapado, enquanto o grupo dos favoritos (Valverde, Contador e Rodriguez) chegaram com o mesmo tempo. Quem foi mais prejudicado foi Froome, que perdeu dez minutos para o vencedor e assim, caiu para a quarta colocação, atrás de Valverde. 


Já nesta segunda, em mais uma chegada em alta montanha, os ciclistas escalaram o Negru Cuitu, sendo que a etapa de hoje era considerada a mais dura de toda a prova e foi vencida por Dario Cataldo, que escapou para obter a maior vitória da sua carreira. Já entre os líderes, Contador atacou no final na expectativa de buscar Rodriguez na classificação geral, mas o camisa vermelha contra-atacou e conquistou o terceiro lugar, aumentando sua vantagem de 22 para 28 segundos. Froome mais uma vez perdeu tempo em relação aos líderes e está cada vez mais longe. Alejandro Valverde segue na luta, mas também com chances mais remotas. Ainda teremos pelo menos mais duas etapas que poderão mudar a classificação, mas dado o fato que na luta entre os favoritos se resume ao embate Contador x Rodriguez, o segundo tem levado vantagem, se contrapondo ao favoritismo inicial de Alberto, que iniciou esta volta como o ciclista mais temido e marcado, e dado o fato que está retornando às competições descansado e em boa forma, era visto por muitos como imbatível. 

Equipe Rodociclo


Comentários