Volta Ciclística do Rio Grande do Sul tem novo líder!



O colombiano Oscar Sanchez – Funvic/São José dos Campos venceu a segunda etapa da Volta do RS e assumiu a liderança da prova, seguido do seu colega de equipe Otávio Bulgarelli, que agora é terceiro na geral, a 23 segundos do líder. Entre eles, há apenas 6 segundos do líder, está Gregolry Panizo – Clube DataRo, que foi terceiro na etapa. 

A equipe de São José dos Campos dominou a etapa com forte ritmo, fazendo o pelotão se quebrar em vários grupos, sendo que a maior parte dos ciclistas chegou há mais de 19 minutos do líder. 



Confira a classificação após a segunda etapa:

OS CINCO PRIMEIROS DA ETAPA
1 – Oscar Sanchez – Funvic/São José dos Campos 03:34:23
2 – Otávio Bulgarelli – Funvic/São José dos Campos m.t.
3 – Gregolry Panizo – Clube DataRo m.t.
4 – André Almeida – Funvic/São José dos Campos  m.t.
5 – Victor Corredor – Star Cycling m.t.

OS DEZ PRIMEIROS DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Oscar Sanchez – Funvic/São José dos Campos – 07:53:24
2 – Gregolry Panizo – Clube DataRo – a 6s
3 – Otávio Bulgarelli – Funvic/São José dos Campos – a 23s
4 – Juan Sebastian Tamayo – Funvic/São José dos Campos – a 29s
5 – Jose Luis Rodriguez – Clos de Pirque/Chile – a 31 s
6 – Cristian Egídio – Clube DataRo – a 1:13
7 – André Almeida – Funvic/São José dos Campos – a 1:39
8 – Murilo Affonso – Ironage/Colner – a 2:25
9 – Edson Ponciano – Ironage/Colner – a 3:07
10 – Maurício Knapp – São Francisco Saúde/Ribeirão Preto – a 3:25

Abaixo fotos da Seleção Gaúcha, a primeira na largada e a segunda, com destaque para Augusto Koppe no pelotão. Não temos ainda informações nem resultados da participação da nossa seleção e nem dos gaúchos que estão na prova. 






Neste momento o pelotão está na estrada, provavelmente na Rota do Sol. Será um trecho longo e duro, provavelmente com vento a favor, que deve favorecer os ciclistas de velocidade e o ritmo neste dia deve ser forte. A chegada deve ser em Bento Gonçalves. 

Para amanhã está prevista a descida da serra (da última vez que passamos ali o asfalto não estava em bom estado), um trecho que vai exigir cuidado adicional por parte dos ciclistas. Depois o pelotão passa por Alto Feliz, em um trecho de pouco mais de 30 km totalmente planos, e segue para a sinuosa subida da BR-116, que inicia no Pedágio e vai até Nova Petrópolis, com cerca de 12 km de extensão. 

Boa sorte a todos os competidores!

Equipe Rodociclo. 

Comentários