Tour de France 2014: Rafal Majka se torna o Rei da Montanha, Nibali amplia vantagem.


Se a Tinkoff-Saxo está sem Alberto Contador, a ausência do líder da equipe abriu espaços para que outras estrelas que deveriam apoiá-lo neste Tour de France mostrassem seu potencial. Foi o caso de Michael Rogers ontem e Rafal Majka hoje. Este último, conquistou sua segunda vitória na prova hoje(a primeira na 14ª etapa), e de quebra levou a camisa de líder, que até então era vestida por Joaquim Rodriguez. A etapa de hoje também foi a oportunidade que Vincenzo Nibali, terceiro colocado a 46 segundos do vencedor aumentasse a vantagem. Valverde agora está há mais de cinco minutos do Camisa Amarela, e terá amanhã a última chance de tentar, nas montanhas, tirar essa diferença. Isto será pouco provável, já que hoje ele ficou para trás e perdeu tempo na etapa. 





Nesta quinta, os ciclistas enfrentam o famoso Tourmalet e a etapa tem chegada no Hautacam, passando em trechos que superam os dois mil metros de altitude e terá mais de 145 km de extensão. Será a Etapa Rainha do Tour, ou seja, a de mais prestígio, portanto, uma das mais disputadas pelos escaladores e a última chance para quem desejar tirar tempo dos favoritos, ou melhor, do favorito Nibali, que está muito próximo da vitória, com 05:26 de vantagem sobre Valverde. Muito perto, com apenas 34 segundos na terceira colocação, segue Thibaut Pinot, que deverá tentar, pelo menos, o vice-campeonato.



No entanto, ainda resta o contra-relógio de sábado, já que a etapa de sexta, com seus 208,5 km, favorável à formação de fugas ou chegadas no sprint, motivo pela qual não deverá mudar a classificação geral. No sábado, um contra-relógio de 54 km é a chance de alguma mudança na classificação. Valverde, atual campeão espanhol na modalidade, pode tentar baixar o tempo para Nibali, se bem que, se mantida a atual diferença entre ambos, dificilmente conseguirá colocar cinco minutos sobre o líder. Assim, concluimos que, quem sair amanhã com a camisa amarela, provavelmente, chegará em Paris com ela. Mas ainda restam algumas emoções e apostas. Vamos aguardar para ver. 

Bom Tour aos leitores que puderem acompanhar, já que com a chuva que cai, pedalar está difícil. 

Equipe Rodociclo

Comentários