19 DE AGOSTO: DIA NACIONAL DO CICLISTA


Hoje é o Dia Nacional do Ciclista. Em meio a tantas dadas comemorativas do nosso calendário, para a maioria das pessoas, é mais um dia comum, assim como está sendo o meu e o seu. Mas claro, para nós, que gostamos de bike e convivemos com ela, seja por lazer, esporte, meio de transporte ou como trabalho, (no nosso caso, são todos estes motivos), é legal saber que tal data foi instituída oficialmente. 

No entanto, o que nos entristece é que o fato alusivo à criação da data não é algo que seja memorável ou digno de recordação. Nesta data, no ano de 2006, o estudante de Biologia Pedro Davison foi ´mais uma vítima do trânsito em uma das muitas e movimentadas vias do Distrito Federal, sendo que o seu atropelamento se deu em decorrência da conduta imprudente de um motorista que transgrediu os preceitos do Código de trânsito, atingindo o ciclista em uma área proibida para veículos automotores, fugindo logo após, sem prestar socorro. 


Com isso, foi criada uma lei que passou a vigorar no ano seguinte, tornando a data de 19 de agosto o Dia Nacional do Ciclista. Muitos não saberão o motivo e acreditamos que não deva ser um dia de tristeza, mas sim de perseverança, de positividade. 

Convenhamos, andar de bicicleta é algo tão simples, tão livre, tão legal! Algo que remete às nossas primeiras pedaladas, quando normalmente nosso pai, algum amigo ou familiar mais próximo nos passou as primeiras noções de equilíbrio e de como conduzir uma bicicleta. A bicicleta simboliza simplicidade, liberdade, esporte, abre portas para uma vida saudável física e mentalmente.


Pena que não seja a cultura da maioria das pessoas da nossa população, embora dificilmente você conheça alguém que, mesmo não andando hoje, não tenha algum dia dado uma volta em uma "magrela", como carinhosamente chamamos nossas bikes. Nem seja a cultura das pessoas que dirigem os rumos do nosso povo.


Mesmo assim, todos os dias, sendo ou não o Dia Nacional do Ciclista, uma multidão anônima percorre muitos quilômetros em ruas, avenidas e estradas pelo nosso país, não importando o destino ou a que se destine seu trajeto. Alguns têm hora e destino marcados, outros, apenas pedalam, sem hora, sem rumo, mas certamente, na direção de uma vida mais feliz. 

Só quem pedala entende!
Nossa homenagem ao Dia Nacional do Ciclista. 

Equipe Rodociclo
"Aqui a gente pedala de verdade!"

Comentários